6 de setembro de 2011

Dicas - Afinação

Algumas pequenas dicas sobre afinação:

  1. Evite usar a válvula de afinação muito aberta. Dê preferência para deixá-la mais fechada, e tocar de maneria relaxada. Assim você terá um som cheio, e não ficará 'puxando' a afinação para cima.
  2. Um trompete afinado, é mais fácil de ser tocado. Então, afine sempre o instrumento, mesmo quando for apenas estudar. Desta forma, você se acostuma a tocar de forma correta, com bom som e resistência. Também evita com que o seu ouvido fique acostumado com as notas desafinadas.
  3. Uma maneira de se 'afinar' o trompete (para tocar sozinho/estudar) quando o afinador não está disponível, é tocar uma nota (um sol, por exemplo), e  ir abrindo a válvula de afinação lentamente. Em determinado momento, você irá perceber que a nota sai de forma mais fácil, com uma entonação e sonoridade superior. Neste ponto, o trompete está afinado. (Sim, você não estará afinando a 440 ou 442, mas ao menos estará mantendo o trompete no ponto em que ele 'quer' soar. E isso faz muita diferença). Em pouco tempo, pega-se a prática. Pode-se inclusive, tentar fazer isso algumas vezes, conferindo depois a afinação (na mesma nota, é claro) com um bom afinador eletrônico (um afinador ruim pode apenas confundir), ou mesmo com o diapasão.
  4. Quando vamos para os agudos, temos a tendencia de buscar a nota mais aguda do que ela realmente é. Por causa disso, é que há tanta dificuldade em se tocar no registro agudo. Tocar qualquer nota desafinado, faz você cansar mais. Tocar notas acima do pentagrama de forma aguda (acima da frequencia correta) exige ainda mais. Quando estiver com problemas com algum trecho agudo de uma música, toque-a devagar, prestando bastante atenção á afinação, para ver se, por exemplo, você não está tocando o Sol muito baixo, e após, tentando tocar um Sí muito agudo.

15 comentários:

  1. valeu professor muito bem explicado.

    ResponderExcluir
  2. Olá professor, eu tenho uma dúvida. Eu comprei um Tropete Cornet Conn New Wonder de dupla afinação Bb e A, atualmente eu toco em Bb, mas eu gostaria de aprender a tocar em A, aqui em casa meu irmão tem um Trompete em C, ele toca exatamente o que está escrito, eu com o Trompete em Bb tenho que transportar tocando uma nota acima e acrescento dois sustenidos ou tiro dois bemois, com o meu trompete em A, o que eu tenho que fazer em relação ao trompete em C do meu irmão? Tenho que subir duas notas acimas ? Em quanto sustenidos e bemois em tenho que tirar ou colocar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Arthur, o pensamento e sempre o seguinte:
      Se o trompete é em Sib, por exemplo, quando você toca o Dó, o som que sai é o Sib. Pra transpor, você poderia transpôr nota a nota, ou mudar direto na tonalidade da música.
      Por exemplo:
      -Se tem um Dó escrito, você toca Ré, afinal o seu trompete soa um tom abaixo do trompete em Dó (que é a mesma afinação do piano), ou
      -O jeito mais pratico: transpor a escala/tonalidade. Se é uma música em Dó maior, você toca ela em Ré maior. Troque a armadura de clave para a de Ré maior (2 #) e leve todas as notas uma acima. (dó vira ré, ré vira mi, e assim por diante).

      Se quando você toca Dó, o trompete soa como Lá, então, é 1 tom e meio de diferença. Se for uma música em Si maior, ela vai para Ré maior.

      Se quiser ver as escalas, tem na wikipedia:
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Escala_maior

      Espero ter ajudado

      Excluir
  3. Quero saber pra que serve a valvula da mao esquerda do trompete

    ResponderExcluir
  4. Ola Professor tenho uma duvida, sempre que vou tocar trompete preciso abrir muito o registro de afinação do trompete para conseguir afinar, estou estudando muito relaxado mas gostaria de poder trabalhar com o registro de afinação do meu trompete mais fechado oque posso fazer para resolver este problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez por você estar sempre tocando com ela muito aberta, você esteja tendo dificuldade de fechá-la. Tente fechar ela um pouquinho. A afinação vai ficar um pouco alta (não exagere). Aí então tente fazer algumas notas longas e tentar 'puxar' a afinação para baixo. Exercícios de 'bending' também são indicados para ajudar na afinação.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. Olá professor! Tenho uma dúvida e o afinador cromático não me ajuda nisso! Sou trombonista e trompetista, respectivamente há 7 anos, tenho um trombone afinado em sib, mas não sei o do trompete, como faço pra saber? Obrigado!

    ResponderExcluir
  8. Olá comprei um trompete em si b porém tocava um em dó sinto que o ré agudo não afina na chave 1 e sim na 1 e 3 o mi b agudo não afina na 2 e sim na 2 e 3 e normal?. Visto que o trompete e um sinfônico largo.

    ResponderExcluir
  9. Olá comprei um trompete em si b porém tocava um em dó sinto que o ré agudo não afina na chave 1 e sim na 1 e 3 o mi b agudo não afina na 2 e sim na 2 e 3 e normal?. Visto que o trompete e um sinfônico largo.

    ResponderExcluir
  10. Olá professor infelizmente minha pomba de afinação prendeu gostaria de saber se o senhor tem uma dica para eu conseguir abri-la sei que isso é melhor com um profissional mas gostaria de saber do senhor

    ResponderExcluir
  11. Olá professor,tenho uma dúvida,meu trompete é em sib,eu posso transpor as notas fazendo um dó precionando os pistos 1 e 3 como se fosse um ré e assim por diante? pra mim o som fica melhor e quando toco acompanhando algumas musicas fica mais parecidos..

    ResponderExcluir
  12. Aprendi tocar pelo método Amadeu Russo onde as notas mi, lá dó sustenido na chave 3. Tem muita diferença nas chaves 1 e 2?

    ResponderExcluir

AddThis